top of page
Logo_ZeGrande_edited.jpg

Um pouco sobre nós

Envelhecida em tonéis de carvalho, a Cachaça ZeGrande nasceu da idéia de um apaixonado apreciador da típica bebida brasileira.

José Renato dedica-se à arte de comemorar a vida, e decidiu compartilhar esta cachaça leve, suave e exclusiva com os amigos e demais apreciadores a degustação desta, que simboliza a alma do Brasil. Seu compromisso com a qualidade é tão grande quanto o nome. Até porque a marca Zé Grande é uma homenagem a seu pai, o Zé Grande, hoje com 85 anos e em plena forma física para o deguste do néctar com moderação.

Afinal, beber cachaça não é se embriagar. Á apreciar o gosto!

Desde então, o aroma e o sabor inesquecível de cana-de-açúcar está presente em ocasiões especiais da família brasileira. E, somente depois de experimentar a Cachaça Zé Grande será possível entender essa paixão pela vida.

A Cachaça Zé Grande é um produto artesanal, destilado em alambique de cobre, e sua produção anual é limitada a 10 mil litros.

A produção é feita com cana-de-açúcar plantada e colhida na própria fazenda (Fazenda São Domingos) localizada na zona Rural do Município de Buritis - MG. A colheita da cana-de-açúcar é manual, sem queimada. A queima da cana para a colheita eleva a acidez do caldo e prejudica a qualidade da cachaça.

Além disso, a cana colhida é moída em até 24 horas e é lavada em água corrente antes de ser processada.

A assepsia rigorosa em todas as fases de fabricação é levada a sério. O contato manual na produção da cachaça ocorre apenas no manuseio da cana-de-açúcar.

Da garapa à Cachaça Zé Grande não há utilização de aditivos químicos. As leveduras são as próprias da cana. O suplemento para a formação do pé de cuba (fermento natural) é quirela de milho e fubá de arroz.

Uma observação pitoresca sobre o processo produtivo da Zé Grande é o fato de que é a única cachaça do Brasil que é fermentada em ambiente com teto solar. Isso mesmo, com teto móvel e forro de vidro, a temperatura ideal para a fermentação adequada, para a perfeita ação das leveduras, conta com uma forcinha do sol. Durante o dia o teto se movimenta e deixa o sol entrar e manter a temperatura do mosto em torno de 30º, que é ideal para o processo de transformação do açúcar em álcool. Ao final do dia, antes do por do sol, o teto é movimentado para a posição normal de cobertura e evita que o sereno esfrie a garapa que será destilada no dia seguinte.

A Cachaça Zé Grande é filtrada em filtro próprio para resíduos de cobre antes de ser armazenada. É armazenada em barril de Carvalho pelo prazo de 18 meses.

Praticamente não há correção de graduação ou sabor. No processo de destilação, é feito o corte inicial (denominado cabeça) de 5%. Nessa primeira parte, os alcoóis mais voláteis que dão ressaca, dor de cabeça e o famoso bafo, são descartados. Depois, o coração vai até o limite de graduação de 40º à temperatura ambiente.

A Zé Grande, pelas características do processo produtivo está iniciando os preparativos para certificação de origem no Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA. Após isso, terá o direito de uso do certificado da marca de conformidade e dos selos de certificação oficiais do estado de Minas Gerais.

A Cachaça Zé Grande é 100% de Minas Gerais. É Cachaça, é do Brasil

bottom of page